Cineasta Jane Campion presidirá o júri do próximo Festival de Cannes

Cineasta Jane Campion presidirá o júri do próximo Festival de Cannes

 

A cineasta neozelandesa Jane Campion será a presidente do júri da competição oficial do Festival de Cannes deste ano, que acontece entre 14 e 25 de maio na cidade francesa. Campion será a décima mulher a ocupar o cargo na história – as outras artistas que desempenharam a função foram Isabelle Huppert, Olivia de Havilland, Sophia Loren, Michèle Morgan, Françoise Sagan, Ingrid Bergman, Jeanne Moreau, Liv Ullmann e Isabelle Adjani.

A carreira de Jane Campion tem uma ligação direta com o Festival de Cannes. No evento de 1986, o seu filme An Exercise in Discipline – Peel venceu o prêmio de melhor curta. Depois disso ela trouxe três de seus longas-metragens para a competição oficial, e venceu a Palma de Ouro em 1993 com a obra O Piano. Até hoje, nenhuma outra mulher venceu a Palma de melhor longa e nenhum outro artista recebeu os prêmios máximos para filmes de formatos diferentes no festival francês.

“Vim a Cannes pela primeira vez em 1986 e, desde então, a minha admiração pela “rainha dos festivais de cinema” não parou de crescer. O glamour e o profissional combinam-se aqui de maneira única. É o país das estrelas, das festas, das praias e dos negócios, mas nunca perdemos de vista o que é o festival: uma celebração do cinema enquanto Arte e uma celebração do cinema de todo o mundo”, declarou Campion, que foi elogiada pelo diretor-geral do Festival de Cannes, Thierry Fremaux.

“Originária de um país e de um continente onde o cinema é raro e poderoso, ela faz parte daqueles cineastas que encarnam na perfeição a ideia que podemos fazer Cinema como artista e ainda assim seduzir um público planetário. E sabemos que a sua exigência pessoal será também a do seu júri”, disse Fremaux.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*