Entre 10 e 28 de abril de 2017, o Cinusp exibirá a segunda edição da mostra Obscena, que aponta o sexo como eixo temático. Nesta edição, a mostra + Obscena: Sexo no Cinema procurou selecionar filmes que expõem o sexo de forma não erotizada, a fim de explorar a ideia do obsceno em diferentes perspectivas.

A seleção de 15 longas ou médias-metragens e um curta inclui filmes que apresentam diferentes olhares sobre o sexo, passando por questões como pornografia, o sexo enquanto vício, relações de poder e diferenças de gênero. A curadoria propõe trabalhar o conceito de obsceno no tempo, visando as transformações culturais e de contexto em que está inserido em uma obra.

Conheça a seguir a programação completa da mostra + Obscena: Sexo no Cinema.

 

10/4 – SEGUNDA-FEIRA

16h – O Pornógrafo

19h – Eu Tu Ele Ela

 

11/4 – TERÇA-FEIRA

16h – As Mil e Uma Noites

19h – Romance

 

12/4 – QUARTA-FEIRA

16h – Tudo Sobre Anna

19h – Batalha no Céu

 

13/4 – QUINTA-FEIRA

16h – A Primeira Vez do Cinema Brasileiro

19h – CURTA Anêmona + Nova Dubai

 

17/4 – SEGUNDA-FEIRA

16h – CURTA Anêmona + Nova Dubai

19h – As Mil e Uma Noites

 

18/4 – TERÇA-FEIRA

16h – L.A. Zombie

19h – Exército dos Frutas

 

19/4 – QUARTA-FEIRA

16h – A Criada

19h – LOVE

 

20/4 – QUINTA-FEIRA

16h – Exército dos Frutas

19h – O Pornógrafo

 

24/4 – SEGUNDA-FEIRA

16h – LOVE

19h – A Primeira Vez do Cinema Brasileiro

 

25/4 – TERÇA-FEIRA

16h – Ninfomaníaca I

19h – Ninfomaníaca II

 

26/4 – QUARTA-FEIRA

16h – Eu Tu Ele Ela

19h – Crônicas Sexuais de Uma Família Francesa

 

27/4 – QUINTA-FEIRA

16h – Batalha do Céu

19h – A Criada

 

28/4 – SEXTA-FEIRA

16h – Romance

19h – Tudo Sobre Anna

 

Sinopses e fichas técnicas

Anêmona

Brasil, 2015, 15’

direção: Felipe Santo

sinopse: A anêmona-do-mar é um animal séssil, cuja alimentação consiste nos pequenos animais que paralisa através de seus mecanismos chicoteadores de injeção do veneno, os chamados cnidoblastos. O peixe-palhaço é imune ao veneno da anêmona-do-mar. O filme parte desta relação para falar sobre um ex-casal e suas memórias.

 

Batalha no céu

Batalla en el cielo

México/Bélgica/França/Alemanha, 2005, 98’

direção: Carlos Reygadas

sinopse: Marcos, motorista de uma família rica, comete um crime juntamente com sua esposa, mas os planos não vão conforme o esperado. Ele confessa o crime para a filha do patrão, uma menina que se prostitui pelo prazer, e a história vai se tornando cada vez mais complicada.

 

A Criada

Ah-ga-ssi

Coreia do Sul, 2016, 144’

direção: Park Chan-Wook

sinopse: O filme se passa na Coréia do Sul da década de 30, durante a ocupação japonesa. A jovem Sookee é contratada por um vigarista se passandaponês para ser a criada de Hideko, uma herdeira japonesa que vive uma vida isolada no campo com seu tio. Com a ajuda de Sookee, o vigarista planeja roubar toda a fortuna de Hideko e trancafiá-la em um sanatório.

 

Crônicas sexuais de uma família francesa (Chroniques sexuelles d’une famille d’aujourd’hui)

França, 2012, 78’

direção: Jean-Marc Barr/ Pascal Arnold

sinopse: A rotina de uma família é perturbada quando Romain, o filho mais novo, é pego se masturbando e filmando o ato durante a aula de Biologia. O sexo e a vida íntima de cada um dos membros da família passam a ser assunto das conversas diárias.

 

Eu tu ele ela (Je tu il elle)

Bélgica/França, 1975, 86’

direção: Chantal Akerman

sinopse: “Eu” é uma garota que se tranca voluntariamente em um quarto. “Tu” é o roteiro. “Ele” é um motorista de caminhão. “Ela” é a namorada.

 

Exército dos Frutas (The raspberry reich)

Canadá/Alemanha/Inglaterra, 2004, 90’

direção: Bruce LaBruce

sinopse: Gudrun lidera um grupo de terroristas internacionais ​​na luta contra a guerra, a opressão, o capitalismo e Corn Flakes. Acreditando que a monogamia heterossexual é o “opiáceo das massas”, ela ordena o início de uma “revolução homossexual”.

 

L.A. Zombie

Alemanha, 2010, 103’

direção: Bruce LaBruce

sinopse: Um zumbi gay extraterrestre aparece na Terra para cumprir sua sina sexual. Nesse percurso, ele dá vida aos mortos e marginalizados.

 

Love

França/Bélgica, 2015, 134’

direção: Gaspar Noé

sinopse: Murphy, um americano residente em Paris, conhece Electra, com quem inicia um intenso relacionamento. As coisas começam a mudar quando uma nova vizinha chega e passa a se relacionar com o casal. Fatos marcantes desse relacionamento são relembrados por ele, que agora vive uma vida entediada ao lado de sua mulher e filho.

 

As Mil e uma noites (Il fiore delle mille e una notte)

Itália/França, 1974, 130’

direção: Pier Paolo Pasolini

sinopse: Um jovem se apaixona pela escrava que o escolheu como mestre, mas ela é raptada e ele parte a sua procura. Enquanto faz essa viagem, vagando por diversas cidades, outras personagens contam suas tragédias amorosas, incluindo um homem que foi capturado por uma mulher misteriosa no dia de seu casamento e um outro que faz de tudo para libertar uma mulher de um demônio.

 

Ninfomaníaca I (Nymphomaniac: volume I)

Dinamarca/Alemanha/França/Bélgica, 2013,145’

direção: Lars von Trier

sinopse: Joe é uma mulher que se diagnostica como ninfomaníaca e conta sua história ao velho Seligman, após ter sido encontrada por ele em um beco em uma noite de inverno. Ela narra seu percurso erótico desde a infância até os cinquenta anos.

 

Ninfomaníaca II (Nymphomaniac: volume II)

Dinamarca/Alemanha/França/Bélgica, 2013, 180’

direção: Lars von Trier

sinopse:  Joe retoma a narração de sua história a partir da vida adulta. Em sua busca por autoconhecimento, surgem novas experiências e complicações, apresentadas em detalhes no filme.

 

Nova Dubai

Brasil, 2014, 53’

direção: Gustavo Vinagre

sinopse: Num bairro de classe média numa cidade do interior do Brasil, a especulação imobiliária ameaça os espaços afetivos da memória de um grupo de amigos. Como forma de protesto, sua resposta é fazer sexo nessas construções e em locais públicos.

 

O Pornógrafo (Le pornographe)

França, 2001, 108’

direção:  Bertrand Bonello

sinopse: Jacques Laurent era um famoso pornógrafo na década de 70. Depois de anos de afastamento, decide voltar a dirigir filmes pornográficos. Ao mesmo tempo, ele reencontra seu filho, agora com 17 anos, que havia saído de casa anos antes ao descobrir a profissão do pai.

 

A Primeira Vez do Cinema Brasileiro

Brasil, 2013, 83’

direção: Bruno Graziano, Denise Godinho e Hugo Moura

sinopse:  O documentário explora o Coisas Eróticas, primeiro longa-metragem de sexo explícito lançado no Brasil, em 1982. O filme causou alvoroço no público ao ser exibido em plena ditadura militar.

 

Romance X (Romance)

França, 1999, 84’

direção:  Catherine Breillat

sinopse: Embora profundamente apaixonada por seu namorado e convivendo com ele diariamente, uma professora não pode lidar com a quase total falta de intimidade no relacionamento. Cada vez mais frustrada, passa a explorar seus desejos sexuais, entrando em situações de risco.

 

Tudo sobre Anna (All About Anna)

Dinamarca/França, 2005, 91’

direção: Jessica Nilsson

sinopse:  Anna procura manter uma vida sexualmente ativa e livre de envolvimento emocional depois de suas decepções amorosas. Uma oferta de emprego na França traz oportunidades de repensar não somente sua carreira, mas também sua vida sexual.

 

Serviço

Mostra + Obscena: Sexo no Cinema

Data: De 10 a 28 de abril de 2017

Local: Cinusp Paulo Emílio (Rua do Anfiteatro, 181 – Colmeia, Favo 04 – Cidade Universitária – São Paulo – SP)

Entrada gratuita – 100 lugares

Contato: (11) 3091-3540 / cinusp@usp.br

Site: www.usp.br/cinusp / www.facebook.com/cinusp