Em anúncio nesta segunda (7), a organização do 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro divulgou os curtas e os longas-metragens que participarão das mostras competitivas do evento, que acontece entre os dias 15 e 24 de setembro. Todos os selecionados receberão cachê de seleção, que este ano totaliza R$ 340 mil.

Presidente do festival, o secretário de Cultura do Distrito Federal, Guilherme Reis, destaca o fato de terem sido selecionados nove longas de nove estados. “Isso mostra uma produção realmente nacional neste aniversário dos 50 anos do festival”, diz. Além disso, ele ressalta a diversidade das obras em competição. “Há produções que abordam questões identitárias, raciais e de gênero, assim como os dilemas éticos do Brasil de hoje”.

Esta edição do festival recebeu 778 inscritos na Mostra Competitiva, um recorde. Do número total, 608 produções eram curtas-metragens e 170, longas-metragens. O cineasta, crítico e programador de festivais Eduardo Valente é o diretor artístico do 50º Festival de Brasília. Integraram a comissão de seleção de longas a professora, curadora e pesquisadora Beatriz Furtado; o crítico, professor e jornalista Heitor Augusto; o crítico e pesquisador Marcus Mello; e o professor, escritor e pesquisador Pablo Gonçalo.

Já a comissão de seleção de curtas foi composta pela professora e pesquisadora Amaranta Cesar; pelo professor, curador e programador de festivais Daniel Queiroz; pela produtora cultural e programadora de festivais Marisa Merlo; e também pela produtora e programadora Thayse Limeira Costa.

Conheça a seguir os filmes que disputarão o Troféu Candango no 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

 

Mostra competitiva de longa-metragem

·         ARÁBIA, de Affonso Uchoa e João Dumans, MG

·         CAFÉ COM CANELA, de Ary Rosa e Glenda Nicácio, BA

·         CONSTRUINDO PONTES, de Heloisa Passos, PR

·         ERA UMA VEZ BRASÍLIA, de Adirley Queirós, DF

·         MÚSICA PARA QUANDO AS LUZES SE APAGAM, de Ismael Cannepele, RS

·         O NÓ DO DIABO, de Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abé, Jhesus Tribuzi , PB

·        PENDULAR, de Julia Murat, RJ

·         POR TRÁS DA LINHA DE ESCUDOS, de Marcelo Pedroso, PE

·       VAZANTE, de Daniela Thomas, SP

 

Mostra competitiva de curta-metragem

·         A PASSAGEM DO COMETA, Juliana Rojas, SP

·         AS MELHORES NOITES DE VERONI, Ulisses Arthur, AL

·        BAUNILHA, Leo Tabosa, PE

·         CARNEIRO DE OURO, Dácia Ibiapina, DF

·         CHICO, Irmãos Carvalho, RJ

·        INOCENTES, Douglas Soares, RJ

·        MAMATA, Marcus Curvelo , BA

·        NADA, Gabriel Martins , MG

·         O PEIXE, Jonathas de Andrade, PE

·         PERIPATÉTICO, Jessica Queiroz, SP

·         TENTEI, Laís Melo, PR

·         TORRE, Nadia Mangolini, SP

 

No próximo dia 15 de agosto, será divulgada a programação completa do festival, ocasião em que serão anunciados os filmes que integram as mostras especiais, sessão hors concours, filmes de abertura e encerramento, além de seminários.